quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

CONFIA NA PROVIDÊNÇIA DIVINA

 Se a dor te visita, não te entregues ao desespero! A correspondência Divina chega sempre na hora e ao endereço certo. Tem sempre em mente, que o sofrimento que nos alcança é sempre um recado de Deus, convidando a nos livrarmos do peso inútil do orgulho, da magoa e o ressentimento, para vestirmos o manto do perdão, da compreensão e da caridade, a fim de que possamos seguir para a frente com Jesus a nosso lado, numa vida melhor e mais feliz. Nós podemos mudar a nossa vida para melhor, e começarmos uma vida melhor com Jesus, Ele nos guiará e nos ajudará a suportar todo o sofrimento, do corpo e da alma. Agradecemos ao Senhor nosso Deus todas as alegrias tristezas que nos visitaram durante o ano de 2011,e em vez de pedirmos, agradecemos antecipadamente tudo o que de bom e mau nos vai trazer o ano de 2012! Nada temos a temer simplesmente confiar na providência Divina. Deus é Pai e tudo fará pelos seus filhos. PARA TODOS UM ANO CHEIO DE BENÇÃOS DE JESUS MENINO

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

VEM SENHOR JESUS

Maria concebeu Jesus sem nunca ter tido contacto com nenhum homem. Quando o Anjo anuncia a Maria que vai ser Mãe ela fica preocupada e diz: como pode ser, se eu não conheço homem nenhum? Mas Maria cheia do espírito Santo compreendeu que era essa a vontade de Deus.Daque-LE Deus invisível que se quis fazer visível aos olhos dos homens por seu intermédio, e ser igual a nós menos no pecado. Entretanto foi aos ouvidos de Herodes que ia nascer um novo rei e, mandou que fossem recenseadas todos recem nascidos. Como o nascimento do menino se aproximava, José com medo que algo acontecesse de mal ao menino fugiu para Belém com Maria. E ali começaram a procurar um aposento para o menino nascer. Todos se recusaram a acolher o casal até que por último bateram numa hospedaria e o dono da mesma, disponibilizou o curral dos animais; e foi aí que o nosso Deus menino nasceu no meio dos animais. Celebremos o nascimento de Jesus como deve ser, com meditação e oração. Na hora da ceia do Natal, lembremo-nos do aniversariante mais ilustre que é estrondosamente esquecido: JESUS. Peçamos ao menino Deus que nos ensine a agradecer por todas as bênçãos que nos concedeu durante todo o ano.Ao exemplo dos Anjos que entoaram louvores no nascimento do Rei dos reis. Louvemos a Deus no Natal, sem constrangimentos diante dos convidados, porque o convidado especial é Ele, o Lírio dos Vales o Bom Pastor, a Luz do mundo, o consolador, o Príncipe da Paz, o Emanuel que é Deus connosco. Agradecemos a Maria mãe do nosso Deus por nos dar o nosso Redentor o nosso Salvador.
Vem Senhor Jesus e faz do meu coração a Tua morada não me deixes, fica comigo Jesus!      

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A virtude da Esperança

 A virtude da Esperança é uma virtude infusa por Deus na nossa alma, pela qual nós temos como certa a ajuda divina para alcançarmos o céu. Pode parecer curioso que seja necessária uma virtude só para isso, além do mais uma virtude teologal, ou seja, toda ela relativa a Deus, mas não é tão difícil entender o por quê. Sabemos que a fé nos traz um conhecimento certo de Deus. Mas este conhecimento é obscuro, ou seja, conhecemos a Deus mas não podemos ainda vê-lo. Sabemos também que a virtude da Caridade nos traz o verdadeiro amor de Deus, que esse amor já é um começo da vida eterna, e que no céu, esse amor será eterno e nos encherá de uma alegria e felicidade extrema. Mas sabemos também o quanto é difícil manter as nossas almas longe do pecado, como nós abandonamos a Deus com facilidade, perdendo o seu amor. Por isso, poderia surgir em nós uma dúvida sobre nossas possibilidades de alcançar o céu e a vida eterna. Se essa dúvida fosse muito forte, nos desanimaríamos no combate contra as nossas imperfeições e contra os nossos pecados. É justamente por isso que Deus nos dá a virtude da Esperança. Com ela sabemos que Deus nunca deixará de nos ajudar com as suas graças e sendo assim, estaremos sempre prontos para lutar contra as tentações e contra os nossos pecados. Estaremos sempre prontos a pedir perdão no confessionário, pois temos a certeza que Deus nos perdoará e nos trará novas forças para não mais pecar. Com isso fica claro que a nossa vida de virtudes nos ajuda a conquistar o céu, pois quando praticamos o bem e fugimos do mal, recebemos a recompensa de Deus. A virtude da Esperança é então, a certeza que temos da ajuda de Deus para o possuir, nesta vida pela graça santificante, e no céu, pela glória eterna.   

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa
O Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa é também conhecido por Solar da Padroeira, por nele se encontrar a imagem de Nossa Senhora da Conceição Padroeira de Portugal. A igreja, que em simultaneamente Matriz de Vila Viçosa, fica situada dentro dos muros medievais do castelo da vila, não se podendo porém precisar a data exacta da sua fundação, sendo que a existência da Matriz é já assinalada na época medieval. O edifício actual resulta da reforma levado a cabo em 1569, reinado de D.Sebastião, sendo um amplo templo de três naves. Segundo a tradição, a imagem da padroeira terá sido oferecida pelo Condestável do Reino, D. Nuno Álvares Pereira, que a terá adquirido em Inglaterra. A mesma imagem teve a honra de, por provisão Régia de D.João IV, referendada em cortes gerais, ter sido proclamada Padroeira de Portugal, em 25 de Março de 1646. A partir de então não mais os monarcas portugueses da Dinastia de Bragança voltaram a colocar a coroa real na cabeça. A notável imagem encontra-se no altar-mor da igreja, estando tradicionalmente coberta por ricas vestimentas (muitas delas oferecidas pelas Rainhas e demais damas da casa Real). Ainda em 6 de Fevereiro de 1818 o Rei D.João VI concedeu nova benesse ao Santuário, erigindo-o cabeça da nova Ordem Militar de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, agradecendo à Padroeira a resistência nacional às invasões francesas. O Papa João Paulo II visitou este Santuário durante a sua primeira visita a Portugal, em 14 de Maio de 1982.
Nossa Senhora da Conceição Rainha de Portugal, fazei com que os nossos Governantes levem a bom porto o destino do nosso Portugal.

sábado, 3 de dezembro de 2011

O PRECURSOR

 João Batista filho do sacerdote Zacarias e de Isabel prima de Maria que viria a ser a mãe de Jesus. Zacarias estava no Templo quando um Anjo lhe trouxe a notícia que Isabel teria um filho cheio do Espirito Santo desde o momento do seu nascimento. Zacarias duvidou olhando à avançada idade dos dois, ficou mudo até ao nascimento de João. João foi considerado o precursor, Aquele que veio preparar os caminhos de Jesus Cristo o Messias o prometido.Isabel estava grávida de seis meses quando Maria sua prima a foi visitar, logo o menino lhe saltou no ventre de Isabel. A partir daí Isabel percebeu que não só estava diante de sua prima como também diante da mãe do Salvador. São João Batista era uma pessoa simples vestia-se de peles de animais e alimentava-se de gafanhotos e frutos silvestres, andava por montes e vales fazendo pregações dizendo:”Preparai-vos… vai chegar depois mim quem é mais forte de que eu, do qual eu não sou digno de me inclinar para desatar as correias das suas sandálias. Eu baptizo-vos na água, mas Ele batizar-vos-á no Espírito Santo» ” João estava numa área selvagem no Rio Jordão. Pessoas vinham de todo lado, especialmente de Judá e Jerusalém, para ouvirem João pregar e para serem batizados.Eles sabiam que estava próximo o tempo do Messias aparecer.As pessoas perguntavam:”Que fazemos?”Ele respondia:”Quem tem duas túnicas, de graça dê uma delas a alguém que não tenha nenhuma. Aquele que tem comida dê comida para alguém que não tenha de comer.”No antigo testamento encontramos personagens que se referem a João Batista. Ele é anunciado por Malaquias e principalmente por Isaías. Os outros Profetas são um prenúncio de João Batista e é com ele que a missão profética atingiu a sua plenitude. Ele é assim, um dos elos de ligação entre o novo e o velho testamento.
««São João Batista ajudai-me a fazer penitência das minhas faltas para que eu me torne digno do perdão Daquele que vós anunciastes com estas palavras.” EIS AQUELE QUE TIRA O PECADO DO MUNDO.”
São João, pregador da Penitência rogai  por nós.
São João precursor do Messias, rogai por nós.
                   

sábado, 26 de novembro de 2011

A COROA DO ADVENTO

 Vários símbolos do Advento nos ajudam a mergulhar no mistério da encarnação e a vivenciar melhor este tempo. Entre eles há a coroa do Advento. Ela é feita de galhos sempre verdes entrelaçados, formando um círculo no qual são colocadas quatro velas grandes representando as quatros semanas do Advento. A coroa pode ser colocada no canto do altar ou em qualquer outro lugar visível. A cada domingo uma vela é acesa; no primeiro domingo uma, no segundo, e assim por diante até serem acesas as quatro velas no quarto Domingo. A luz nascente indica a proximidade do Natal, quando Cristo Salvador e luz do mundo brilhará para toda a humanidade, e representa também, a nossa fé e a nossa alegria pelo Deus que vem. O círculo sem começo e sem fim simboliza a eternidade; os ramos sempre verdes são sinais de esperança e da vida nova que Cristo trará e que não passa. A fita vermelha que enfeita a coroa representa o amor de Deus que nos envolve e a manifestação do nosso amor que espera ansioso o nascimento do filho de Deus. A cor roxa das velas convida-nos a purificar os nossos corações em preparação para acolher o Cristo que vem. A vela cor-de-rosa, nos chama a alegria, pois o Senhor está próximo. Há uma quinta vela branca que se coloca no meio da coroa e se ascende no dia de Natal, simboliza o nascimento de Jesus, Luz e Vida…. Os detalhes dourados prefiguram a glória do Reino. Podemos também nas nossas casas, com as nossas famílias mergulhar no espírito do Advento celebrando-o com a ajuda da coroa do Advento que pode ser ao lado da mesa da refeição.                                                                                                         
                          Oração para o primeiro domingo do Advento.
Deus de Esperança no tempo da espera, Deus da coragem nas dificuldades, Deus da serenidade, no meio do medo, Deus da paz no meio da guerra, Deus da luz no coração da noite: Vêm e acende em nós a Esperança, a coragem, a serenidade, a paz e a luz com toda a graça Ámen.

                                                             Ao acender a vela
Senhor Jesus, ensina-nos a caminhar para o Natal, preparando, cada, dia o encontro definitivo contigo Ámen.              

sábado, 19 de novembro de 2011

O que é a solenidade de Cristo Rei?

 No último domingo do tempo comum celebramos a solenidade de Cristo Rei do Universo. Uma solenidade é uma grande festa, na qual celebramos por meio da missa uma verdade em particular. A solenidade a Cristo Rei começou quando o Papa Pio XI em 1925 quis comemorar a realeza de Jesus num momento em que a sociedade abandonava a fé e o ateísmo se propagava no mundo inteiro. Muitas pessoas pensavam que já não havia espaço para Deus no coração do homem. O Santo Padre queria lembrar que Cristo está presente no coração de cada ser humano e que somente Ele tem poder sobre a sociedade, a família, a cultura e todo o universo. Mas não é só nessa ocasião que comemoramos Cristo como nosso Rei. Em cada missa, fazemos memória de seu Reino em pelo menos três momentos especiais.
Depois da consagração, quando rezamos o Pai Nosso.”Venha a nós o vosso Reino!”Em seguida quando proclamamos “Vosso é o reino o poder e a glória para sempre”.E então, o que é esse Reino que celebramos em cada missa do ano? O Reino de Cristo é a sua Igreja. Cada cristão é um membro vivo da Igreja e por isso faz presente esse reino no mundo. Cada sacerdote, cada bispo, cada fiel é sinal luminoso de Cristo Rei. É onde Deus, aqui e agora, partilha sua vida divina com os homens. Nesse Reino receberemos a vida e a verdade, não a vida do mundo que é passageira. O Reino é a família de Deus, na qual todos somos chamados a fazer parte, sejam eles ricos ou pobres, santos ou pecadores. Esse Reino é a vitória de Cristo sobre o reino de Satanás. É a vitória sobre o sofrimento, a morte, a maldade, a injustiça e o pecado. Uma maneira bem concreta para manifestar a presença desse Reino nas nossas vidas é oferecer por meio da oração as diferentes atividades do dia. Por exemplo, podemos rezar um Pai Nosso quando nos levantamos ou em qualquer altura do dia.
«Que Cristo Rei reine nos nossos corações para sempre, amem.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

JESUS TU ÉS GRANDE

 Ninguém falou como esse homem. A sua Palavra é vida! Coração grande e bom para amar. Terno para chorar por um amigo e por uma pátria em ruínas. Pronto para compadecer-se dos mais pobres, dos pecadores. Grande para se sintonizar com os pequeninos. Compreensivo e generoso. Jamais uma ponta de egoísmo!
Examinai o Evangelho à lupa e não vereis mais do que generosidade e entrega para com os outros neste homem simples, acessível a todos. Anda pelas ruas como qualquer um, sem, poses tontas de profeta.
O seu olhar é límpido e acolhedor.
Não vedes? Está continuamente a fazer milagres e ensina na sinagoga, e arrasta as multidões que O seguem até ao deserto. Mas, não deixa de ser o «filho do carpinteiro», «o Nazareno». Era carpinteiro.
E todos vinham até Ele porque d,Ele saía uma virtude que os curava a todos. Porem, odeia o triunfalismo e os pedestais. Muitas vezes, depois dos milagres, pedir-lhes-á: «não digais nada».
Trabalhador incansável, preocupa-se muito com as pessoas. Organiza a sua vida pensando, não no seu bem e comodidade, mas nos outros. Gosta de estar no meio do povo. Está sempre disposto a partilhar a comida e a amizade, as alegrias as tristezas. Jamais pensa que uma pessoa ou situação estão completamente perdidas. Não tem esquemas pré-fabricados; com cada um começa o caminho, partindo do ponto em que se encontra. Ama as pessoas acima de tudo. De si mesmo dirá: «não vim para ser servido mas para servir.»

sábado, 5 de novembro de 2011

A SABEDORIA DE DEUS



No começo do livro de provérbios, o autor Salomão cita que o temor A DEUS é o princípio da sabedoria. No livro de Tiago encontramos que aquele que pede sabedoria a Deus, Esse o dá de boa vontade, ele também diz que temos que pedir com fé e nunca duvidar, porque aquele que duvidar é semelhante á onda do mar que anda de um lado para o outro sem encontrar poiso certo.

A sabedoria de Deus, é algo tão divino, que o mundo, com pensamentos humanos não consegue compreender. A sabedoria de Deus, é muito mais bela do que a simples inteligência, Ela nos dá a possibilidade de entendermos mais sobre Ele, sobre o seu propósito em nossas vidas. Chegou o tempo de entendermos mais o PAI.
Jesus Cristo tem um propósito na tua vida, Ele te quer ver livre do pecado, ele quer-te ver no reino da luz. Apenas ama só a Deus … pede com fé a sabedoria que vem do alto, e o restante o espírito de Deus fará por ti.
Sigamos então o caminho que temos á nossa frente, confiantes na sabedoria Divina, porque o Pai está ao nosso lado hoje e sempre

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A ESPERANÇA CRISTÃ

 O mês de Novembro é um tempo muito propício para reflectirmos sobre a esperança, que está intimamente ligada ao amor (virtude pela qual amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Novembro é o mês em que celebramos a solenidade de todos os Santos, todos aqueles que nos procederam no Céu e deram testemunho radical da fé e do seguimento ao Evangelho. Também é o mês em que recordamos os nossos entes queridos que já partiram e já gozam da alegria da salvação e com os santos participam da glória de Deus.
Esperamos um dia juntar-nos a todos eles, mas até lá temos o compromisso de tornar o mundo melhor fértil para a palavra de Deus, vivendo virtuosamente.
A esperança é âncora para a nossa vida, segura e firme.              É ela que nos dá força para vivermos com mais empenho e dinamismo o amor e a fé. Assim como o amor e a fé, a esperança é infundida por Deus na alma dos fies para nos tornar capazes de agir como Seus filhos e merecer a vida eterna. Apesar de usarmos o termo esperança com diversos significados, o mais profundo está ligado à certeza de sermos salvos por Cristo, de herdarmos a vida eterna. Nós temos que viver na esperança sem nos deixar levar pelo pessimismo. A esperança protege contra o desânimo, nos momentos de fraqueza, incerteza, dúvida e cansaço. Tenha esperança em Deus pois Ele nunca nos deixa sós. A esperança traz-nos felicidade porque confiamos que a vida não acaba com a morte, mas sim continua na eternidade, onde reencontraremos os nossos entes queridos e seremos acolhidos por Deus.       

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

TEM FÉ E BASTA

Há uma palavra que resume toda a Boa nova e a experiência de Jesus. É a palavra «fé». O Evangelho é um chamamento à fé. A conversão começa pela fé. O cristão é um homem de fé. Só onde há fé pode haver homem novo. Todos os valores, todas as virtudes, todas as lutas, a vida, a morte, a justiça e o amor; tudo fica concentrado num único ponto. Todo o Evangelho se reduz à fé. Esta afirmação é tão verdadeira que Jesus disse: «tem fé e basta.» Disse-o a um homem importante, quando caminhavam juntos em direcção à casa deste. Aproximaram-se deles uns emissários e disseram ao homem: «A tua filha morreu. De que serve agora incomodares o Mestre?”Jesus ouviu a mensagem e replicou: «Tem fé e basta». As pessoas riem-se, pois a menina está morta e já nada há a fazer. Ele não se perturba e pronuncia com grande segurança as quatro palavras: «Tem fé e basta». Di-las agora a ti, pessoalmente. Olha-te fixamente e repete: «Tem fé e basta». As tuas faltas, as tuas deficiências, as tuas muitas ou poucas capacidades, não são um obstáculo decisivo para seres cristão sincero e construíres o Reino de Deus. Tudo é possível para quem tem fé: uma nova vida, um novo horizonte, sair do abismo, começar de novo. Tem fé e basta. Deixa de olhar os milagres como coisa curiosa e olha o grande milagre que Deus quer operar em ti, que estás morto pela falta de fé. Olha-o tu também frente a frente e diz-lhe: Creio Jesus, dá-me mais fé.
Ditoso quem apesar das duvidas, continua a viver como cristão, pois é esta sem dúvida, a fé maior: a que crê contra toda a esperança; a que se mantém na brecha quando tudo parece perdido.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

DÁ-NOS O TEU OLHAR

 O homem há já muito tempo que padece de uma grande «enfermidade»,que desgraçadamente nem sempre se vive de forma consciente. Muitos, passam pela vida sem se dar conta ou sem lhe dar importância. São poucos os que a descobrem e tentam pôr tudo o que está ao seu alcance para a superar. Parece ter muita facilidade em ver os defeitos das pessoas que o rodeiam e, em contrapartida, sentir dificuldade para ver as virtudes; ter mais facilidade para dizer mal que para dizer bem; para condenar que para perdoar. Cremos que é mais fácil construir dizendo os defeitos e, não nos damos conta que essa é, em muitas ocasiões, a melhor forma de destruir o pouco que estava construindo. Não nos damos conta de que falando do bom e fazendo chegar ao ouvido dos que nos rodeiam as coisas boas que possuem, se constrói com mais rapidez, ao mesmo tempo que fazemos com que essa pessoa se sinta feliz, motivada e com vontade de superar-se ainda mais naquilo que já tinha feito. Como Jesus sabia bem disso! Olhava sempre para o coração de cada pessoa e tratava de tirar dela o bem.  De facto, ninguém respeitou tanto as pessoas como Ele, nem ninguém nos amou nem amará tanto como Ele.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O QUE É A NOSSA CARNE?

  Ela é esta velha natureza, este velho homem que já está crucificado com Jesus na sua Cruz, mas que insiste em viver dentro de nós. A Palavra de Deus diz que os que vivem segundo a carne, segundo a sua própria natureza pecadora, gostam do que é carnal, procuram satisfazer os apetites da carne. Os que vivem segundo o espírito apreciam as coisas que são do Espirito. Somente uma pessoa que deixe a vida perversa que tem levado, e se converte e segue a palavra de Deus, é que nasce de novo e vive segundo o espírito; só assim encontrará alegria, amor, bondade, domínio próprio, fidelidade, mansidão, generosidade paciência e paz, e gosto pela vida. Gosto e sentido na oração, na pregação da Palavra de Deus, na Eucaristia, na celebração da santa missa e num grupo de oração. Só os que são nascidos no Espirito, porque isso é actividade espiritual. Quantas pessoas têm-nos criticado porque vamos em busca do Senhor… Quantas se teem rido de nós…Quantas pessoas nos chamam de beatos porque vivem segundo a carne e não conseguem entender as actividades do Espirito… A aspiração da carne é a morte. Mas a aspiração do Espirito é vida e paz; a paz que só Jesus pode dar; já o desejo da carne é contrário a Deus. Como posso saber se estou a viver na lei do Espirito ou na lei da carne? Pelos frutos da minha vida. Jesus diz que a árvore conhece-se pelo seu fruto.
Vejamos como é duro este combate: quantas vezes o nosso espírito pede, dentro de nós, por um tempo em comunhão com Deus na oração, mas resistimos não fazemos o que o espírito nos pede. Quantas vezes sentamo-nos diante de uma televisão, e sabemos que aquilo que estamos a ver entristece o Espirito de Deus dentro de nós, mas mesmo assim, nós continuamos ali enfrente ao televisor; quantas vezes temos uma contrariedade na vida e em vez de nos virar-mos para Deus, o que é que nos fazemos? Aderimos ao álcool, há droga, e por vezes às bruxas, como isso nos trouxesse a solução dos problemas; quantas vezes prometemos a Deus nas nossas orações, que não vamos fazer críticas, e tantas outras coisas que desgostam o nosso Pai? Daí a pouco já estamos a fazer a mesma coisa. Por quê? Porque a nossa carne fala mais alto. Somos muito francos! E não temos força para dizermos não às tentações.
Que Deus tanha piedade de nós; se não estamos perdidos
Somos uns filhos desobedientes e ingratos.
Senhor envia-nos o Teu Espirito… para não cairmos em tentação e livra-nos de todo o mal.Amen.              

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A ORIGEM DA NOVENA A SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS.


No dia 3 de Dezembro de 1925,o P.Putingan, SJ, começou, uma novena em honra de
S. Teresinha.Com esta intenção começou na rezar, durante a novena, 24 Glorias ao Pai, em acção de graças à Santíssima Trindade, pelos favores e graças concedidas a S. Teresinha durante os 24 anos de sua existência terrena. Pediu o padre que lhe desse um sinal de que a novena era ouvida, e este sinal e este seria receber uma rosa fresca e desabrochada. No terceiro dia da novena uma amiga procuro-o e ofereceu-lhe uma rosa vermelha.
No dia 24 do mesmo mês o padre começou uma segunda novena e pediu uma rosa  branca. Ao quarto dia da novena, uma religiosa-enfermeira do hospital, troxe uma linda rosa branca dizendo:”Aqui está uma rosa que me Santa Teresinha envia a sua Reverência”.
Surpreendido, pergunta o padre:”Donde vem esta rosa”? “Fui à capela onde se acha adornada uma bela imagem de Santa Teresinha, e, ao aproximar-me do altar da Santinha, caiu aos meus pés esta rosa. Quis colocá-la de novo na jarra, mas lembrei-me de a trazer a Vossa Reverência,”


Alcançadas as graças pedidas resolveu propagar a novena. Assim, do dia 9 ao dia 17 de cada mês, todas as pessoas que desejam fazer a novena das 24 Glórias ao Pai unem as suas intenções às das pessoas que, na mesma época, fazem a dita novena, e se estabelece, desta maneira, uma bela comunhão de orações.
                             “Oração de Santa Teresinha ao Menino Jesus”
Ó Menino Jesus meu único tesouro!
Abandono-me aos teus divinos caprichos e não quero outra alegria senão a de fazer-Te sorrir. Imprime em mim as tuas graças e virtudes infantis, para que, no dia do meu nascimento no céu, os Anjos e os Santos reconheçam em mim a tua pequena esposa, Teresa do menino Jesus.       




sábado, 24 de setembro de 2011

O SANTO LENHO

 O santo lenho é um fragmento da cruz, na qual Jesus foi crucificado.
Muitos desses fragmentos estão espalhados pelo mundo, mas, o maior de todos, é o que se venera em Marmelete, na diocese de Beja. O povo beija o recipiente onde se encontra. Foi um cavaleiro português da Ordem de Malta que o trouxe da Terra Santa e agora venera-se no referido templo.
Antigamente, os sacerdotes abençoavam o povo com esta relíquia, às quartas-feiras.
Nesse mesmo local brotou uma nascente com um caudal abundantíssimo. Ainda hoje corre canalizada essa água a que o povo chama (santa). Os peregrinos vão lá encher garrafas e garrafões à qual atribuem poderes curativos. Este lugar chamado Vera Cruz, significa Verdadeira Cruz. Antigamente, era lugar de peregrinação, onde os cristãos veneravam e rezavam à cruz da nossa salvação.
Este pedaço da Vera Cruz é um memorial vivo da paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, e das dores do Coração de Maria, sofridas no Calvário. É neste relicário que se encontra a relíquia do Santo Lenho.
Deixa brotar o rio de Deus na tua vida e serás feliz.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

NÃO PODEMOS FICAR SATISFEITOS!

  As bênçãos de Deus para os filhos estão condicionadas à prática da Sua Palavra. Não podemos ficar satisfeitos porque vamos ao grupo de oração, de vez em quando, e ouvimos a palavra do Senhor, ou porque vamos à missa uma vez por semana, e ouvimos a homilia do Sacerdote. Isso não basta. Somos filhos de Deus e devemos viver de acordo com a lei de Deus, para que as Suas bênçãos fluam na nossa vida.
Muitas vezes, condicionamos a nossa felicidade e certas situações de vida, mas isso é um conceito puramente mundano. Por exemplo, tu podes pensar assim. Seu tiver um bom emprego, serei feliz. Se eu conseguir comprar uma casa própria, vai ser muito bom, e serei muito feliz. Nós conhecemos pessoas que têm tudo o que querem e não são felizes, não é verdade? Também conhecemos pessoas que têm muito pouco, quase nada, e são extremamente felizes!
Na verdade, não adianta nada, estar tudo bem por fora, se por dentro, no nosso íntimo só há um rio de água podre. Por outro lado, tudo pode estar muito difícil e trabalhoso ao redor de nós, mas por dentro, no nosso coração, está fluindo o rio de água viva do Senhor. E quando flui a graça de Deus dentro de nós, tudo fica fácil. Podemos enfrentar qualquer situação da nossa vida, seja ela qual for: doença, tribulação, morte, separação, humilhação!.. enfrentamos tudo, se temos a graça de Deus em nós. A maneira certa de termos a graça divina é vivendo a Sua Palavra. A palavra do Senhor é um tesouro tesouro esse, que nos ensina como devemos proceder para sermos felizes. Só que a maioria não sabe como tomar posse desse tesouro.
E TU—EU—NÓS—SABEMOS?.            

terça-feira, 13 de setembro de 2011

O PAI NOSSO NÃO É SÓ UMA ORAÇÃO! É TAMBEM UMA LIÇÃO DE VIDA.

Jesus deu aos homens uma célebre oração, o Pai-Nosso:   Os discípulos de Jesus pediram-lhe: Senhor ensina-nos a rezar! E Jesus disse: rezai comigo.
PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME VENHA A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU.A Oração do Pai Nosso é a oração perfeita, quando é feita com sentimento e fé. Na primeira parte, presta-se o louvor devido, a homenagem da criatura e o desejo de fazer a vontade do Pai.
O Pão-nosso de cada dia nos dê hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofenderam; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
Na segunda parte do Pai-nosso pedimos ao PAI, o pão para cada dia, e também que nos perdoe as nossas faltas (assim como nós perdoamos aqueles que nos ofendem).
Jesus afirma que se perdoarmos as ofensas que nos fazem, o nosso Pai celeste também nos perdoa. Tenhamos confiança na palavra do Senhor; pois só ele tem palavras de vida eterna e nunca nos engana. Ele como nosso PAI, sempre nos dará tudo que lhe pedirmos; mas! só se ELE achar que o que lhe pedimos nos é favorável, o nosso Pai sabe muito bem quais são as nossas necessidades. Por isso sempre que lhe fizermos um pedido, digamos-lhe sempre: que a Tua vontade seja feita, pois só Tu Senhor sabes o que é melhor para nós.
Senhor não nos deixeis cair em e tentação e livra-nos, livra-nos sempre de todo mal. Amem.
Se não souberes mais nenhuma oração, reza esta, na certeza de que agradarás ao Senhor e receberás as suas melhores graças e bênçãos.    
  

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

BOAS NOITES SENHOR

 Os momentos  mais importantes da vida não se podem viver à margem de Deus. Tem de haver sempre lugar para a sua recordação, para a sua presença entre nós, porque a nossa vida está  nas suas mãos e todo o bem que temos é obra sua. Por isso não queremos terminar o dia sem dedicar um tempo a Deus.Recordar-nos DELE neste momento, é dizer-lhe com o coração na mão, que é importante para nós e que não podemos ir descansar, sem antes lhe ter dedicado um último pensamento, uma última oração. Por isso, partindo deste desejo por tê-lo presente no final desta jornada, vamos pensar nos momentos que Deus nos ofereceu, e que soubemos aproveitar e nas vezes que sem querer, ou querendo, não lhe agradamos com a nossa conduta.
É agora também o momento de LHE dar graças por todo o bem que nos deu e de pedir-Lhe perdão pelas vezes que falhamos para com Ele.
Obrigado Senhor, por todas as graças que nos deu o teu amor; se muitas são as nossas dívidas, infinito é o teu perdão. Amanhã servir-te-emos, melhor em tua presença.
Pai-nosso, abriga-nos à sombra das tuas asas, fica junto de nós e dá-nos a tua bênção

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

«AQUI ME TENS SENHOR COM TODA A MINHA POBREZA»

 Aqui me tens, Senhor.
Buscando a liberdade, mas escravo das minhas coisas. Julgando-me cheio, mas vazio de Ti;
Escutando o teu chamamento, mas fazendo-me de surdo.
Ao experimentar a tua presença, Senhor Jesus, sinto em mim algo que me convida a seguir-Te.
Sinto uma força extraordinária que me convida a arriscar tudo por Ti. Contudo, Senhor, as coisas desta vida continuam a prender-me o dinheiro, que me faz esquecer as necessidades do irmão; continua a prender-me a comodidade que me afasta do sentido do sacrifício; continua aprender-me o meu egoísmo que me fecha cada vez mais em mim mesmo; continua a prender-me o meu orgulho, que me faz crer que sou o melhor de todos.
Muitas coisas que me afastam de Ti, continuam a seduzir-me, eu tão cobarde, digo-Te que não, porque não acabo por convencer-me de que Tu me trarás a autêntica felicidade.
Dentro de mim sinto que há uma guerra civil. Por um lado, quero deixar tudo o que me impede de Te ser fiel, e por outro lado sinto medo de deixar estas coisas do mundo.
Há muito tempo que preciso de uma conversão. Necessito de encontrar algo que me dê forças para largar tantos laços, que me ajude a vencer tantas tentações do mundo; que me ajude a dizer adeus a este tipo de vida porque viver pela metade não val a pena; enquanto houver guerra no meu interior, nunca terei a paz que só Tu podes dar.
Abre-me os olhos, senhor. Cura a minha cegueira para que eu possa ver-Te;
Bate ao meu coração, senhor; entra nele, que eu quero ter-Te como convidado.
Dá-me um espírito generoso, Senhor.Quero dizer sim quando escutar a tua palavra. Entra no meu coração, arranca dele todas as preocupações e tentações, para que possa dedicar um espaço só para Ti, meu Deus.
Dá-me forças para Te seguir sem desfalecer; dá-me vontade para preservar no caminho;
dá-me firmeza para não olhar para traz;dá-me a capacidade de expermentar-Te e sentir-te na minha vida, porque quandoTu,Senhor Jesus, habitas no meu coração, tudo me é mais fácil e qualquer coisa, por mais custosa que pareça, se  torna fácil e leve.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Quem és tu meu Deus

  Quem és tu, pergunto, senão o senhor Deus, que outro senhor além do senhor, que outro Deus além do nosso Deus?
Ó Deus, tão alto, tão excelente, tão poderoso, tão omnipotente, tão misericordioso e justíssimo!
Senhor tão oculto e tão presente; tão formoso tão forte, estável e incompreensível imutável e que tudo muda, nunca novo nunca antigo.
Inovador de tudo e causador da ruína dos soberbos sem que eles se advirtam.
Sempre activo e sempre quieto, zeloso e cuidadoso de tudo e não falto de nada. Conduzindo, enchendo e protegendo, criando, nutrindo e aperfeiçoando as coisas, buscando-as, ainda que nada te falte.
Amas sem paixão. Ardes em zelos e estás tranquilo; Arrependes-Te sem pensar; iras-Te e não perdes a calma. Mudas as tuas obras mas não mudas de resolução; Recebes o que encontras sem nunca o teres perdido; nunca estás pobre e os lucros alegram-Te e sem jamais seres avaro, exiges com usura. Damos-Te mais do que pedes, para que Te consideres nosso devedor. Mas, quem possui coisa alguma que não seja Tua?
E que digo eu, meu Deus, em comparação como que és verdade? Ou que pode dizer alguém quando fala de Ti, que ajuste à realidade do Teu ser?!
(Santo Agostinho)
A igreja dia 28 de Agosto celebra a morte de Santo Agostinho, “Doutor da igreja”

domingo, 21 de agosto de 2011

TESTEMUNHO DE UMA MULHER DE FÉ

“Não tenhais medo”! Diz-nos o nosso Mestre. A vida tem as suas provas e os seus sofrimentos,
e os cristãos não estão isentos. Mas basta um grito e um olhar de fé. É suficiente chamar por Ele e reconhecê-Lo nas situações de cada dia. Ele saberá acalmar o nosso coração.Com certeza que também vós já te encontrastes com o coração em tempestade. Talvez já te sentiste arrastado pelo vento contrário para a direcção oposta. Quem é que não passa por provação? o fracasso, a pobreza, a dúvida, a tentação ou a depressão…Ás vezes é a dor dos outros que mais nos afecta ou faz sofrer: um filho drogado, um marido alcoólico, um familiar desempregado, a separação de pessoas amigas. O vento contrário pode ser a hostilidade e a incompreensão das pessoas, os revezes da vida ou dos negócios, a dificuldade em encontrar um trabalho ou uma casa, uma situação delicada de saúde, uma doença crónica incompreensível.
São provações difíceis de suportar, sobretudo quando não temos ninguém com quem partilhar a dor ou quando a fé não ilumina o nosso caminho.”Não tenhais medo “, diz-nos Jesus.Tambem Ele, do alto da sua cruz se sentiu provado e abandonado. Também Ele se sentiu só ,e inseguro e ferido, e sentiu sobre os seus ombros a dor da perversidade humana.Ele é o amor que afasta todo o temor. Neste momento estou atravessar uma situação de saúde muito critica vai ser um combate difícil de ganhar, neste combate conto com a ciência dos homens e com a graça de Deus,Pai de nós todos, para não ter medo. E também com a família e com os amigos. Esperando o pior, mas confiando no melhor. Seja qual for o desfecho, como o Senhor é meu Pastor, nada me faltará. Tudo está nas mãos, do meu Senhor, a vida terrena, ou a vida eterna, nada temerei pois Ele é o meu Redentor o meu Salvador. Seja qual for a situação eu tenho a certeza que não estou só.
Grande era a fé desta tua filha Senhor. Que levaste para junte de Ti á bem pouco tempo.
Concede-me o dom de tamanha fé senhor.             




domingo, 14 de agosto de 2011

A TERNURA DE DEUS

Deus nosso Pai é compassivo é misericordioso para com todos os seus filhos sejam gregos ou judeus, escravos ou livres, homens ou mulheres. Somos todos iguais aos olhos do Senhor para ELE não há divisões a todos ama com a mesma intensidade. Todos são chamados a ser salvos em Jesus Cristo. Basta acreditar como aquela mulher cananeia. A fé dela era de tal maneira forte, que movida pelo amor que tinha á sua filha  que estava cruelmente atormentada por um demónio, foi ao encontro de Jesus para lhe pedir que cura-se sua filha. JESUS recusou o seu pedido não por ser cananeia mas para ver até a onde ia a sua fé.A mulher insiste gritando: «Socorre-me Senhor.» Estabelece-se então um diálogo entre Jesus e a mulher «Não pode o pão dos filhos ser deitado aos cachorrinhos», mas a mulher responde:«Mas os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus Senhores.»(Mt 15,27) diante de tanta confiança desta mulher na acção de Jesus, Este acaba por lhe dizer:«Mulher, é grande a tua fé Faça-se como desejas.»(Mt 15,18) Fica bem claro que a fé em Jesus Cristo não é um privilegio dado apenas aos cristãos, todo ser humano está no pensamento de Deus pois todos são seus filho, o amor do nosso PAI pelos seus filhos não tem limites; o que é preciso é acreditar com toda a força da nossa alma, e dizer-lhe: Senhor eu não me importa de estar de baixo da tua mesa á espera das migalhas que caiam da tua mesa: eu preciso da tua ajuda, tenho a certeza absoluto que Tu Senhor, mas só Tu!..tens o poder da curar as nossas feridas do corpo e da alma sede compassivo e misericordioso, e se for da tua vontade atende todos os teus filhos que estão carentes do teu amor porque por falta de fé.
Senhor dá-nos o dom da fé.

















quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Deus ama-me..!.

 Só a pessoa que é amada pelo outro é capaz de amar. Somente quem sente que alguém lhe quer bem, é capaz de benevolência. Somente quem recebe carinho é capaz de dar carinho. Somente quem, alguma vez na vida, recebeu algo gratuitamente, é capaz de dar gratuitamente.
Por isso pode-se compreender como é importante sentir que Deus nos ama. Porque, quem alguma vez teve esta experiência, fica marcado e sente por dentro a necessidade de devolver todo esse amor que recebeu da sua parte.
Existem motivos para experimentarmos dentro de nós o amor de Deus, pois nos deu provas constantemente.
Amou-nos quando se fez homem; quando curava os doentes; quando pregava o Reino.Amou-nos quando nos falou do Pai; quando veio oferecer-nos a salvação; quando nos falou do reino.
Amou-nos quando morreu na cruz e quando perdoou aos que O condenaram injustamente.
Amou-nos quando apareceu aos seus discípulos e lhes disse que estaria com eles até ao fim dos tempos.
Também hoje, Jesus continua a dar provas do seu amor, embora talvez algumas vezes não nos demos conta.
É na oração, no silêncio, a sós com Deus, que cada um pode descobrir tudo aquilo que podemos agradecer-lhe. É na oração, no silêncio, a sós com Deus… neste momento.
Que alegre se sente o meu coração Senhor, ao saber que pensas em mim.
Obrigada Senhor por me amares apesar das minhas imperfeições.               

sábado, 30 de julho de 2011

FÉRIAS BEM MERECIDAS

 Amigos: depois de um ano de trabalho, todos temos direito a férias, seja um mês, uns dias, um fim-de-semana. Sair do nosso dia-a-dia só nos traz vantagens. E quando o fizermos, façamo-lo com alegria, seja ele para onde formos. Senão vejamos: se vamos para as lindas aldeias do nosso Portugal, os nossos olhos deliciam-se com os campos verdejantes por vezes com alimentos para a nossa alimentação, e árvores que nos oferecem o melhor delas; os frutos que são deliciosos, e a sombra que nos abriga do sol. Por vezes rios e riachos com suas águas que deslizam serenamente, como que a embalar e a transmitir paz aqueles que desfrutam de tão grandes maravilhas. Se optaremos pelas cidades, também tem os seus encantos embora, um pouco mais barulhentas mas também fazem alegria daqueles que as visitam. Como seria tudo diferente se apreciasse-mos todas estas maravilhas pensando no verdadeiro autor de toda a criação? ELE que tudo criou a pensar na felicidade dos seus filhos. Amemos o nosso Deus tal como ELE nos ama. Nas férias e para sempre… sejamos felizes.  
                        

sexta-feira, 22 de julho de 2011

NÓS somos as pérolas preciosas do pai

 Cada ser humano é uma pérola preciosa, pois é criada à imagem de Deus e por Ele escolhido e predestinado para a salvação. O reino de Deus é o encontro de todas estas pérolas, formando assim o maior tesouro possível.
Algumas pérolas não são recolhidas para integrarem o tesouro do Reino, porque optaram por não reconhecer e destacar o seu valor original. Decidiram transformar-se em algo que não presta, e por isso são deixadas de lado. Que cada cristão saiba reconhecer o dom que recebeu de Deus na criação e justificação por Cristo, não o escondendo, mas colocando-o, com sabedoria ao serviço do bem comum, a exemplo de Salomão. Salomão possuído do amor de Deus tinha uma grande preocupação era ter sabedoria para distinguir o bem do mal, daí ele pedir ao Senhor:
Senhor dai ao vosso servo um coração inteligente, para poder distinguir o bem do mal.
Salomão queria reconstruir o reino de Deus porque este não é feito de glórias terrenas, mas da identificação em tudo com o projecto de Deus.
Peçamos ao Senhor nosso PAI, que nos envie o seu Espirito para nos ajudar a discernir o bem, do mal para que com inteligência possamos viver todos em paz e harmonia uns com os outros.      
           

sábado, 16 de julho de 2011

(SER CRISTÃO)

   O amor deve estar presente em tudo o que fazemos. Só quando a raiz de onde brotam todos os nossos actos for o amor, é que a nossa vida como pessoa e como cristãos adquirirá cada vez mais sentido. Mas nem sempre é assim. Se analisássemos em profundidade as nossas motivações, talvez nos surpreendêssemos que nem em tudo o que fazemos está presente o amor:
Quando fazemos algum favor, fazemos porque somos incapazes de dizer não, ou porque queremos ajudar a outra pessoa?
Vamos à missa porque «toca» o sino e é domingo, ou porque queremos ter um encontro com Deus?
Fazemos algumas coisas na nossa vida porque nos são impostas ou por vontade própria?

                                            (Oração de um cristão)
Senhor, eu sei que ser cristão exige esforço, que muitas vezes, o caminho se torna difícil de relaxar-me aparece com frequência na minha vida.
Sei também que ser cristão é coisa de heróis, porque supõe lutar pela justiça o serviço e o amor.
Quando me olho a mim mesmo, vejo a minha debilidade, vejo a minha falta de radicalidade, e de exigir-me mais.
Por isso Senhor, quero dirigir-me a ti para te pedir ajuda.
Concede-me a graça de amar, não apenas os meus amigos, mas também aqueles de quem eu não gasto muito.
Concede-me a graça de compreender que essas pessoas também necessitam do meu carinho e amor, da minha amizade e ajuda.
Concede-me Senhor, a força para nadar sem desfalecer, contra a corrente.
 Porque sem a tua ajuda Senhor, eu não vou conseguir.   

sábado, 9 de julho de 2011

(ISAÍAS 55, 10-11)

 Eis o que diz o Senhor: «Assim como a chuva e a neve que descem do céu não voltam para lá sem terem regado a terra, sem a terem fecundado e feito produzir, para que dê a semente ao semeador e o pão para comer, assim a palavra que sai da minha boca não volta sem ter produzido o seu efeito, sem ter cumprido a minha vontade, sem ter realizado a sua missão.»

                                               (Reflexão)
Este texto do profeta Isaías, é de uma enorme simplicidade, ele utiliza uma imagem que toda a gente compreende.
Todos sabem que uma terra árida não pode gerar vida. Então as mensagens que Deus envia ao seu povo, é como a água que inundando a terra a torna fértil; capaz de acolher a semente e a reproduzir.
Mas a água, depois evapora-se e retorna às nuvens de onde provém.
É uma imagem muito simples, mas compreensível: A palavra que sai da boca de Deus não volta sem ter produzido o seu efeito.
Pode demorar algum tempo para que a palavra do Senhor germine em cada um de nós, mas quem a ouve mesmo que á primeira pouco fique, ela começa a dar os seus frutos porque é essa a Sua vontade. O Pai ama de mais os seus filhos e não descansará enquanto a Sua palavra não chegar aos nossos corações, enviando-nos o seu Espírito para nos ajudar a discerni-la porque Ela é a única verdade; e quem a puser em prática viverá com ELE eternamente.            

quarta-feira, 6 de julho de 2011

( HÁ TEMPO PARA TUDO)

Para tudo há um momento e um tempo para cada coisa que se deseja debaixo do céu:
tempo para  nascer e tempo para morrer,
tempo para plantar e tempo para arrancar o plantio,
tempo para matar e tempo para curar,
tempo para destruir e tempo para edificar,                  
tempo para chorar e tempo para rir,
tempo para se lamentar e tempo para dançar,
tempo para tirar pedras e tempo para as juntar,
tempo para abraçar e tempo para evitar o abraço,
tempo para procurar e tempo para perder,
tempo Para guardar e tempo para atirar fora
tempo para calar e tempo para falar,
tempo para amar e tempo para odiar,
tempo para a guerra e tempo para a paz.
 REFLEXÃO
  
Muitas vezes vivemos oprimidos pelas coisas que temos de fazer. As preocupações o trabalho,
Os compromissos…envolvem-nos e aparece o stress. Sobretudo quando queremos fazer todas as coisas o mais rápido possível. Chegados a este ponto, entramos numa roda que não tem fim; uma roda que nos leva não a viver a vida mas a sermos consumidos por ela.
Mas o pior da falta de tempo, é que pode converter-se num autêntico obstáculo para termos um trato humano com as pessoas e inclusivamente com DEUS.
Descuidamos o trato com as pessoas porque não nos interessa «perder» tempo com elas; porque não há tempo para escutar. Ás vezes nem mesmo para olhar.
Tão pouco há tempo para Deus. Precisamente quando vamos com o tempo «contado» as coisas de DEUS são as mais vulneráveis, porque são as primeiras que suprimimos. Diz o provérbio que «a pressa e a curiosidade são inimigas da santidade. O tempo se for bem gerido dá para tudo. De uma coisa nos temos que ter cuidado! Com o tempo que dedicamos ao nosso      DEUS, POIS TUDO É DELE A ELE DEVERIAMOS DEDICAR O MAIOR TEMPO DA NOSSA VIDA 

quinta-feira, 30 de junho de 2011

CONSAGRAÇÃO INDIVIDUAL AO CORAÇÃO SACRATISSIMO DE JESUS

Eu (o seu nome),Vos dou e consagro, ó SAGRADO CORAÇÃO de JESUS CRISTO a minha vida, as minhas ações, penas e sofrimentos, para não querer mais servir-me de nenhuma parte do meu ser, senão para Vos honrar, amar e glorificar. É esta a minha vontade irrevogável: ser todo Vosso e tudo fazer por Vosso amor, renunciando de todo o meu coração a tudo quanto Vos possa desagradar.

Tomo-vos pois, ó Sagrado Coração, por único bem do meu amor, protetor da minha vida, segurança da minha salvação, remédio da minha fragilidade e da minha vida inconstância, reparador de todas as imperfeições da minha vida e meu asilo seguro na hora da morte.
Sê, ó Coração de bondade, a minha justificação diante de Deus, Vosso Pai, para que desvie de mim a Sua justa cólera.

Ó Coração de amor, deposito toda a minha confiança em Vós, pois tudo temo de minha malícia e de minha fraqueza, mas tudo espero de Vossa bondade! Extingui em mim tudo o que possa desagradar-Vos ou que se oponha à Vossa vontade.

Seja o Vosso puro amor tão profundamente impresso em meu coração, que jamais possa eu esquecer-Vos nem separar-me de Vós. Suplico-Vos que o meu nome seja escrito no Vosso Coração, pois quero fazer consistir toda a minha felicidade e toda a minha glória em viver e morrer como Vosso escravo. Amém.
( De Santa Margarida Maria Alacoque)




segunda-feira, 27 de junho de 2011

UMA CONVERSA COM JESUS

 Há dentro de mim, senhor, algo que me preocupa. Queria fazer grandes coisas.
Vejo necessidade de dirigir a minha vida por outros caminhos. Sinto que deveria fazer algo mais. Mas na hora da verdade, muitas vezes a coisa fica-se por palavras.
Crítico toda a gente porque penso que as pessoas deviam fazer as coisas melhor.
Mas, na hora da verdade, não olho para mim mesmo, sou incapaz de reconhecer que às veses, sou pior do que as pessoas que critico.
E o que mais me preocupa é que me encontro num beco sem saída,levo tanto tempo com  bons desejos e poucas acções que penso que nada vai mudar.
Costumo dizer como Santo Agostinho:
Amanhã, amanhã, amanhã mudarei. Mas o amanhã nunca chega, e quase sempre se converte noutro amanhã.
Quando escuto essas tuas palavras que dizem”Assim: porque és morno, e  não és frio nem quente, vou vomitar-te da minha boca»,
Sinto-me francamente mal, e penso que tenho de começar a dar algum passo; que deveria delinear a minha vida a sério e fazer uma opção clara para Ti.
FÁZ, Senhor com que saia desta roda interminável, Faz Senhor, com que saiba renunciar às comodidades que me estorvam.
Faz Senhor, que me atreva a andar pelo caminho estreito,
Faz Senhor,com que seja o sal da terra e a luz do mundo.
Faz Senhor que eu ame os meus irmãos como tu me amas.
Olha-me, Senhor, com carinho e transforma-me, Senhor numa pessoa nova para que o meu coração de pedra se converta num coração de carne como o TEU.
Porque estou convencida de que a autêntica vida e a autêntica felicidade só poderei encontra-las a TEU lado.